Casa 186m² | Santo André - SP | Cód do leilão: 368/369 Residenciais

Residenciais
3 Habilitações
216
Visitas
0
Lances
Abertura:
Fechamento:
Abertura
Fechamento
(0% de desconto)
Dias
Horas
Min
Seg
Avaliação: R$ 267500,00
Incremento: R$ 1000,00
Comissão do Leiloeiro: 5,00%
Número do Processo: 0016339-31.2017.8.26.0554
Ação: Extinção de condominio
Comarca: Santo André
Vara: 2ª Vara Cível
Juiz: LUÍS FERNANDO CARDINALE OPDEBEECK,
Autor: SANTINA SILVA DE SIQUEIRA,
Réu: ÁLVARO SILVA DE SIQUEIRA

Informações

Casa térrea residencial, com 186,76m² de área construída, localizada à Rua Atabasca, nº 1097, no bairro Jardim Santo Alberto, município de Santo André - SP, composta por sala, cozinha, 2 dormitórios, 2 banheiros, área de serviço com lavanderia, 1 quarto de serviço e 1 banheiro de serviço, com edícula aos fundos, composta por cozinha, sala, 2 dormitórios, 1 banheiro e área de serviço, possuindo, o imóvel, garagem coberta para 3 veículos, assentada em terreno com 300m² de área,  que assim se descreve e caracteriza em sua respectiva Matrícula: “O prédio residencial e respectivo terreno situado na rua Atabasca, mil e noventa e sete, segundo subdistrito desta cidade, medindo o terreno dez metros de frente para a citada rua Atabasca, por trinta metros da frente aos fundos de ambos os lados, tendo nos fundos a mesma medida da frente encerrando a área de trezentos metros quadrados, confrontando do lado direito de quem da rua olha para o imóvel, com o lote trinta e sete, do lado esquerdo com o lote trinta e cinco e nos fundos com o lote dezesseis de Pedro Mariano, sendo o referido terreno constituído do lote trinta e seis da quadra vinte e cinco”. Cadastro Municipal nº 16.081.036. Matrícula nº 642 do 2º Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Santo André - SP. AVALIAÇÃO TOTAL DO BEM: R$ 267.500,00 (duzentos e sessenta e sete mil e quinhentos reais) em fevereiro de 2020. AVALIAÇÃO ATUALIZADA DO BEM: R$ 285.000,00 (duzentos e oitenta e cinco mil reais) em março de 2021, que será atualizada até a data da alienação.

Documentos

Proposta

Regras para proposta

Na ausência de lances à vista, será admitido o envio de propostas de parcelamento. A oferta de lances à vista registrados no sistema anulará as ofertas à prazo. O interessado em adquirir o bem penhorado por meio de parcelamento, deverá estar cadastrado no sistema e habilitado para o Leilão. A proposta de parcelamento deverá ser encaminhada ao Leiloeiro através do sistema de Leilão Eletrônico, durante todo o período desde o início do Primeiro Leilão até o encerramento do Segundo Leilão, ou durante toda a duração do Leilão Único, caso não sejam recepcionadas ofertas antes do inícios do(s) leilão(ões) com valor não inferior ao lance mínimo fixado, e conterá o valor a ser ofertado e o saldo parcelado em até 30 (trinta) meses, garantido por hipoteca do próprio bem. Todas as propostas recepcionadas terão o prazo de 24h (vinte e quatro horas) para pagamento, caso o proponente seja declarado vencedor do certame. As demais parcelas, sucessivas e mensais, serão corrigidas mensalmente pelo índice do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (INPC). No caso de atraso no pagamento de qualquer das prestações, incidirá multa de 10% (dez por cento) sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas. O inadimplemento autoriza o exequente a pedir a resolução da arrematação ou promover, em face do arrematante inadimplente, a execução do valor devido. Ambos os pedidos deverão ser formulados nos autos da Execução em que se deu a arrematação. Em caso de resolução da arrematação, perderá o arrematante o valor dado a título de sinal em favor do exequente, nos termos do art. 39 da Lei 21.981/32, e será por ele devida a comissão do Leiloeiro. Havendo mais de uma proposta de pagamento parcelado em diferentes condições, estas serão encaminhadas para o Leiloeiro Público, que as submeterá ao Juízo para que decida pela mais vantajosa (assim compreende-se como sendo a de maior valor, maior sinal e menor número de prestações). Se em iguais condições, o Leiloeiro as apresentará em Juízo e o magistrado decidirá pela formulada em primeiro lugar, que será certificada pelo Leiloeiro. Os pagamentos feitos pelo arrematante pertencerão ao exequente até o limite de seu crédito, e os subsequentes, ao executado. A apresentação da proposta não suspende o Leilão. Independente do parcelamento do lance, a comissão do Leiloeiro Público será paga à vista. Ao enviar propostas pelo sistema eletrônico, o licitante declara pleno conhecimento dos termos do presente Edital de Leilão, bem como do art. 895 do Código de Processo Civil. Caso haja o registro de lance no sistema pelo mesmo usuário que enviou a proposta, presume-se a desistência da proposta parcelada, modificando-a para a modalidade de lanc

Na ausência de lances à vista, será admitido o envio de propostas de parcelamento. A oferta de lances à vista registrados no sistema anulará as ofertas à prazo. O interessado em adquirir o bem penhorado por meio de parcelamento, deverá estar cadastrado no sistema e habilitado para o Leilão. A proposta de parcelamento deverá ser encaminhada ao Leiloeiro através do sistema de Leilão Eletrônico, durante todo o período desde o início do Primeiro Leilão até o encerramento do Segundo Leilão, ou durante toda a duração do Leilão Único, caso não sejam recepcionadas ofertas antes do inícios do(s) leilão(ões) com valor não inferior ao lance mínimo fixado, e conterá o valor a ser ofertado e o saldo parcelado em até 30 (trinta) meses, garantido por hipoteca do próprio bem. Todas as propostas recepcionadas terão o prazo de 24h (vinte e quatro horas) para pagamento, caso o proponente seja declarado vencedor do certame. As demais parcelas, sucessivas e mensais, serão corrigidas mensalmente pelo índice do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (INPC). No caso de atraso no pagamento de qualquer das prestações, incidirá multa de 10% (dez por cento) sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas. O inadimplemento autoriza o exequente a pedir a resolução da arrematação ou promover, em face do arrematante inadimplente, a execução do valor devido. Ambos os pedidos deverão ser formulados nos autos da Execução em que se deu a arrematação. Em caso de resolução da arrematação, perderá o arrematante o valor dado a título de sinal em favor do exequente, nos termos do art. 39 da Lei 21.981/32, e será por ele devida a comissão do Leiloeiro. Havendo mais de uma proposta de pagamento parcelado em diferentes condições, estas serão encaminhadas para o Leiloeiro Público, que as submeterá ao Juízo para que decida pela mais vantajosa (assim compreende-se como sendo a de maior valor, maior sinal e menor número de prestações). Se em iguais condições, o Leiloeiro as apresentará em Juízo e o magistrado decidirá pela formulada em primeiro lugar, que será certificada pelo Leiloeiro. Os pagamentos feitos pelo arrematante pertencerão ao exequente até o limite de seu crédito, e os subsequentes, ao executado. A apresentação da proposta não suspende o Leilão. Independente do parcelamento do lance, a comissão do Leiloeiro Público será paga à vista. Ao enviar propostas pelo sistema eletrônico, o licitante declara pleno conhecimento dos termos do presente Edital de Leilão, bem como do art. 895 do Código de Processo Civil. Caso haja o registro de lance no sistema pelo mesmo usuário que enviou a proposta, presume-se a desistência da proposta parcelada, modificando-a para a modalidade de lance à vista.

e à vista. ​​​​​​

Habilitação Necessária para envio de propostas

Localização

Rua Atabasca, - Jardim Santo Alberto Santo André - SP